Prazo Para Dar Entrada No Seguro Desemprego

No artigo de hoje vais ficar a conhecer o Prazo para dar entrada no seguro desemprego, com o nosso guia completo.

O Seguro Desemprego é uma assistência financeira temporária paga pelo governo federal ao trabalhador demitido sem justa causa.

No momento em que for a fazer o seu cadastro, é importante ter a Carteira de Trabalho (CTPS) e outros documentos em mãos, pois o procedimento só prosseguirá se o cidadão acertar pelo menos quatro das cinco questões iniciais no site. Se não conseguir, terá que esperar 24 horas para realizar outra tentativa ou entrar em contato com o INSS pelo número 135. então não deixe tudo para última hora, pode dar errado.

Prazo Para Dar Entrada No Seguro Desemprego

Prazo Para Dar Entrada No Seguro Desemprego
Prazo Para Dar Entrada No Seguro Desemprego

O prazo para solicitar o seguro-desemprego vale a partir do sétimo dia contado da data de demissão e não pode ultrapassar 120 dias.

Veja o Prazo para dar entrada no seguro desemprego por cada sector:

  • Trabalhador formal: do 7º ao 120º dia após a data da demissão. O benefício pode ser requerido nas DRT (Delegacia Regional do Trabalho), no SINE (Sistema Nacional de Emprego) ou nas agências credenciadas da Caixa, no caso de trabalhador formal.
  • Pescador artesanal: durante o período de defeso, em até 120 dias do início da  proibição.
  • Empregado doméstico: do 7º ao 90º dia, contados da data da dispensa.
  • Empregado afastado para qualificação: durante a suspensão do contrato de trabalho. Trabalhador resgatado: até o 90º dia, a contar da data do resgate.

Depois de concluir o processo, o interessado terá a resposta se o benefício foi concedido ou não. Se estiver tudo certo, o cidadão receberá a primeira parcela do seguro em 30 dias, em caso de ajustes, esse tempo pode aumentar.

Sendo que o valor do benefício não pode ser inferior ao salário mínimo de R$ 1.039 e a parcela máxima a ser recebida é de R$ 1.813,03, dependendo da média salarial.

O trabalhador poderá receber entre três e cinco parcelas, de acordo com o tempo trabalhado.